Fórmulas grátis, free fórmulas, receitas de cosméticos, fórmulas caseiras, fórmulas de limpeza, produtos agrícolas, dicas domésticas, fórmulas automotivas, veterinárias, produtos para Pet Shop, passo a passo, dicas de beleza, higiene pessoal.

Aprenda fazer cosméticos neste curso!


quarta-feira, 30 de março de 2016

Como fazer repelente caseiro

Hoje o medo do mosquito " aedes aegypti", mosquito causador da Dengue, da Zika e da Chikungunya está ficando e com bons motivos, cada vez maior.

Na verdade sempre tivemos problemas com as doenças causadas por mosquitos, como a malária, febre amarela e por ai vai, mas ultimamente os mosquitos aumentaram o seu poder de fogo.

Além de todas essas doenças que na verdade podem ser fatais, tem o incômodo de dormir escutando aquele zumbido no ouvido, ninguém merece!

Então resolvemos postar uma receita de como fazer repelente caseiro com cravo-da-índia, ele ajuda a repelir os mosquitos devido ser rico em óleos essenciais e devido ao seu cheiro forte, repele os mosquitos.





Para fazer 300 ml de repelente caseiro de mosquitos, você vai precisar de:
  • 250 ml de Álcool de Cereais
  • 10 gramas de Cravo da Índia
  • 50 ml de Óleo de Amêndoas

Técnica de preparo do repelente caseiro:


  • Em um frasco de vidro âmbar ou um frasco escuro, adicione o Álcool de cereais e junto adicione o Cravo da Índia.
  • Deixe a embalagem escura tampada armazenada em local seco e arejado longe de fontes de calor, longe do fogo e ao abrigo da luz, deixe em repouso nesse local por 7 dias, todo dia mexa o frasco á noite e depois mantenha no mesmo local até o final do período.
  • Passado os 5 dias coe a mistura, despreze os cravos, porque você vai usar só a parte líquido coada.
  • Adicione à seguir o Óleo de amêndoas e misture.
  • Agora é só transferir com um funil o repelente caseiro para frascos borrifadores ou spray.

Modo de usar o repelente caseiro:
  • Borrife o repelente caseiro no corpo, lembre-se que o mosquito costuma picar muito as pernas, então não se esqueça de aplicar nas pernas, braços, onde o corpo ficar exposto as picadas do mosquito.
  • Borrifar o repelente novamente de 3 em 3 horas.

Outra fórmula de repelente caseiro de citronela
  • 445 ml de Óleo de semente de Uva
  • 35 ml de Óleo Essência de Citronela
  • 15 ml de Óleo Essência de Lavandim
  • 5 gramas de BHT


Técnica de preparo do repelente de insetos corporal
  • Em um frasco limpo adicione os ingredientes na sequência, misture bem ao colocar cada ingrediente.
  • Passe a mistura para frascos borrifadores ou frascos tipo spray.
  • Borrife nas partes do corpo para repelir os mosquitos.
Espero que tenham gostado das fórmulas de repelente caseiros, se quiser saber qual o melhor repelente químicos comercializado, Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sexta-feira, 25 de março de 2016

Receita de Água dos Milagres

Depois de analisar bem, resolvemos postar no nosso blog a famosa e procurada Água dos Milagres, que é muito requisitada.

Na verdade se trata de uma água alcalina que serve para alcalinizar o corpo, ou seja ela desacidifica o corpo e elimina toxinas.

Quando usamos a Água dos Milagres ou essa Água Alcalina ela não deixa resíduo acidificante em nosso corpo e isso mantém o equilíbrio do nosso corpo.

Muito bem, vamos então à receita de Água dos Milagres.

Para usar em 20 litros de água você vai precisar de:
  • 10 gramas de Bicarbonato de Sódio P.A
  • 10 gramas de Cloreto de Magnésio P.A
  • 40 gotas de Lugol Forte 5% P.A
  • 20 litros de água filtrada

Modo de preparo da Água dos Milagres:


  1. Adicione os ingredientes na Água filtrada e misture bem.
  2. Leve à geladeira e beba durante o dia.
Atenção: Beba a água dos milagres somente por 7 dias.


Você encontra um Kit com as Matérias primas da Água dos Milagres na Asher química

Outra receita: Se você desejar saber pra que serve a Melissa (Cidreira) Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

quarta-feira, 23 de março de 2016

Base para aromatizadores - Veículos ou ambiental

Deixamos   abaixo  uma  receita de Base para aromatizador de veículos ou ambientes,  que você pode fazer para vender e faturar um bom dinheiro.

Você pode fazer e depois acrescentar diversas essências diferentes em cada  frasco e assim satisfazer o gosto de muitos compradores.

Em sua composição está o  Álcool de  Cereais que  é  um  álcool extraído de cereais  (milho, arroz, etc), é um álcool mais delicado e apropriado para aromatizadores.

Também possui em sua composição o Propilenoglicol que ajuda a dar mais durabilidade ao perfume do aromatizador.

O Triclosan ou Irgasan contido na fórmula Base para aromatizador serve como conservante e antibacteriano.


Já o Fixador Almiscar é um ótimo fixador que além da fixação deixa as notas olfativas da fragrância mais harmoniosa e delicada.

A água deionizada é o veículo e a Essência é para ser escolhida conforme o seu agrado, mas, vamos então à formulação da Base para aromatizador:





Para fazer 5 litros de base para aromatizador você vai precisar de:
  • 4 litros de Álcool de Cereais
  • 50ml de Propilenoglicol USP
  • 10g de Triclosan (Igarsan)
  • 100 ml de Fixador Almíscar ou Musking,
  • 500 ml de Água Deionizada
  • 500 ml de Essência para aromatizador (para colocar por último na base)

Técnica de preparo da base para aromatizador:
  1. Em um garrafão de vinho seco que deve estar vazio e limpo adicione o Álcool de Cereais.
  2. Adicione junto o Propilenoglicol.
  3. Adicione também o Triclosan (Igarsan) e homogeneíze.
  4. Acrescente a seguir bem lentamente a Água Deionizada e homogeneíze.
  5. Tampe com uma rolha e deixe descansar por um dia inteiro.
  6. No outro dia com um funil transfira a base para aromatizador em frascos de vidro (escuro – vidro âmbar) com capacidade para 1 litro.
  7. Para cada frasco de vidro de 1000 ml você deve colocar 900 ml de Base para aromatizador e 100 ml de Essência para aromatizador e homogeneizar bem.
  8. Agora você deve deixar o aromatizador em maceração por mais 4 dias.
  9. Para macerar embrulhe os frascos de vidro em papel e os coloque deitados em um armário escuro.
  10. Ao final de cada dia bem devagar dê uma agitada de forma lenta em cada frasco e mantenha da mesma forma embrulhado no papel e deitado no armário escuro.
  11. Quando terminar os 4 dias agite para homogeneizar.
  12. Envase os aromatizadores em frascos tipo spray.
  13. Identifique os frascos com nome do produto e data de fabricação.
  14. Armazene em local seco e arejado, longe de fontes de calor e longe do alcance de crianças e animais.
  15. Lembre-se que o Álcool é inflamável, manipule o produto longe do fogo.
Obs: Se você quiser deixar mais dias para macerar, não tem nenhum problema, pois, quanto mais tempo macerar, melhor será a fixação da essência e consequentemente melhor a qualidade da base e do aromatizador para carros e ambientes.

Veja também como fazer um aromatizador de varetas, Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sexta-feira, 18 de março de 2016

Tratamento de Madeira - Como fazer

Como tratar madeira como Eucalipto, mourões. Essa técnica age substituindo a seiva do Mourão verde por essa solução ou mistura dos produtos químicos descritos abaixo. Quando você prepara essa solução para tratar madeira e mergulha os Mourões nessa solução ocorre então a substituição da seiva.


Para fazer 100 litros para tratar madeiras, você vai precisar de:
  • 900 gramas de Dicromato de Sódio
  • 850 gramas de Sulfato de Cobre
  • 620 gramas de Ácido Borico
  • 25 ml de Ácido Acético
  • 1 Copo americando de Óleo queimado
  • Quantidade suficiente de Água para completar os 100 litros

Se você desejar adquirir um Kit já pesado e separado das matérias primas para tratar madeira, Clique aqui!


Técnica de preparo do tratamento de madeira:
  • Em um recipiente limpo de boca larga com capacidade no mínimo para 100 litros, adicionar 20 litros de água.
  • Adicionar junto sob agitação o Dicromato de Sódio, o Sulfato de Cobre e o Ácido Bórico.
  • Misturar bem com um bastão de madeira até completa homogeneização.
  • Completar o volume com o restante de água que falta da fórmula até atingir os 100 litros esperados.
  • Misturar bem com o bastão de madeira novamente.
  • Adicionar o Ácido Acético para que ocorra a estabilização da solução.
  • Adicionar também o Óleo queimado para não evaporar a solução.
  • Misturar tudo para homogeneizar.


Preparo dos Mourões:



  • Procure sempre retirar os Mourões de árvores retas sem muitos nós. Uma boa dica é retirar os Mourões de Eucaliptos.
  • A espessura melhor para o tratamento dos Mourões é de 10 a 15 cm conseguida com mais facilidades nos Eucaliptos mais novos.
  • Quando a árvore for cortada, você deve retirar os ramos laterais e deixar uma pequena porção até o final do tratamento.
  • Quando fizer o corte na medida escolhida, lembrando que a extremidade superior não deve ser reta, se você for cortar com uma motosserra corte em diagonal e se for fazer o corte com machado faça a ponta em diamante.
  • Para descascar os Mourões você deve bater com haste de madeira, este procedimento soltam as cascas do Mourão.
  • O tratamento dos Mourões deve ser feito no prazo máximo de 24 horas após o corte das árvores.

Sistema de corte da extremidade superior do mourão "A" chanfrado e "B" em diamante.


Tratamento dos Mourões com a solução:
  • Coloque os Mourões em pé com a parte cortada chanfrada ou em diamante para cima em um recipiente com capacidade para no mínimo de 100 litros.
  • Amarre os Mourões na parte superior.
  • Verter a solução para o tratamento de Mourões até atingir 60 cm de altura.
  • Quando a solução for penetrando nos Mourões, reponha a solução para manter os 60 cm.
  • Esse procedimento deverá permanecer por sete dias.
  • Após você deve virar os Mourões parte cortada chanfrada ou em diamante para baixo e manter por mais sete dias na solução.
  • Os Mourões vão ficar esverdeados.
  • Após esse período na solução você deve retirar os Mourões e deixá-los secar por mais 30 dias.


Posição dos mourões no tanque de tratamento: A – do primeiro ao sétimo dia; B – do oitavo ao décimo quarto dia.

Cuidados e precauções:
  • O processo para tratamento da madeira deve ser todo feito à sombra.
  • Utilize mourões sem rachaduras, cortes ou esmagamento.
  • Só faça furos, entalhes ou outros procedimentos após o tratamento.
  • Lembre-se que você deve usar máscara, luvas, óculos de proteção, botas de borracha e aventais para a manipulação dos produtos químicos utilizados para o tratamento dos mourões.
  • Não fume e nem se alimente no galpão utilizado para tratar os mourões.
  • Mantenha longe do contato com crianças e animais.
  • Quando terminar o tratamento e os Mourões já estiverem secos você poderá manusear sem problemas.
Quantidade de Mourões que Podem ser Tratados com 100 Litros de Solução
 Diâmetro dos Mourões (cm)
Altura dos 
Mourões (m)
89101112131415
1,804433272118161412
2,003829242017141210
2,203427221815131109
2,503024191613111008

Essas informações foram baseadas:
Bibliografia: Tratamento de Mourões - Programa Estadual de Geração e Difusão de Tecnologia de Essências Florestais - Projeto Microbacias/BIRD Componente Agropecuária. EPAGRI – Gerência Regional de Concórdia/SC.

Compartilhar nas redes sociais:

quarta-feira, 16 de março de 2016

Quebra Pedra - Planta diurética

O Quebra pedras também conhecida como arranca pedras, erva-pombinha, erva pombo, quebra pedra verdadeiro, fura parede, rebenta pedra, entre outros nomes.

É uma planta medicinal muito utilizada para problemas diuréticos, pedras nos rins, dificuldades para urinar, cólicas renais, problemas na bexiga, retenção urinária, problemas do figado, icterícia e problemas de ácido úrico.

O Quebra pedras é uma planta pequena com aproximadamente 50 cm, uma erva ramosa. Suas folhas são pequenas, verde amareladas e seus frutos tem cor esverdeada e também são pequenos.

Geralmente quando o chá de quebra-pedras é preparado seu sabor é amargo.






Nome científico: Phyllantus Niruri


Habitat:

  • Cerca de 200 espécies do gênero quebra pedras são encontradas no Brasil e nas Américas.


Composição química:

  • Flavanóides 
  • Lignanas.
  • Alcalóides 
  • Taninos 
  • Ácido Salicílico

Propriedades terapêuticas:
  • Diurética
  • Colagoga

Indicações:
  • Uso interno para afecções renais para cálculos renais e Indigestão.
  • Também para uso interno em problemas do fígado, icterícia e ácido úrico.

Parte da planta usada:
  • Planta toda

Contra Indicações:
  •  Super dosagem pode ter ação abortiva e purgativa. 

Formas de uso:
  • Pó vegetal: 0,2 - 2 gramas ao dia
  • Infusão: 30 g/litro (tomar até 2 xícaras ao dia) Não tomar por mais de uma semana.

Obs: Apesar do nome " Quebra Pedras" , a erva não quebra as pedras literalmente, ela evita a formação dos cálculos ou pedras nos rins. A planta age fazendo com que o sistema urinário relaxe, facilitando a eliminação das pedras dos rins.

Saiba também: Para saber para que serve  a planta medicinal Cidreira, é só Clicar aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sábado, 12 de março de 2016

Dicas para fabricar produtos de limpeza e cosméticos

Abaixo separamos algumas dicas importantes para produzir produtos de limpeza, cosméticos, produtos automotivos, produtos para pet-shop, produtos caseiros e outros.

Procure sempre tomar muito cuidado ao manusear qualquer produto químico e sempre é bom obter orientações de um profissional da área.

Separe os equipamentos e utensílios que você vai precisar para manipular o produto:
  • Balanças analíticas
  • Baldes plásticos com marcação de volume
  • Béquer
  • Pá de plástico para agitar o produto
  • Canecas de inox
  • Espátulas para retirada de pós e sólidos
  • Funis
  • Embalagens como sacos plásticos, frascos plásticos, galões plásticos
  • Fitas Indicadoras de pH


Dicas:

Confira a receita ou fórmula do produto de limpeza ou cosmético para ter certeza que está certa e que você tem todas as matérias primas necessárias.
Separe as matérias primas que você vai utilizar para produzir
  • Matérias primas líquidas
  • Matérias primas sólidas

O local que você vai produzir o produto de limpeza ou cosmético precisa:
  • Ser um local apropriado, se possível com uma bancada onde você colocará a balança, os utensílios limpos e as matéria primas.
  • Ser um local com sistema de exaustão.

Epis que você deve utilizar antes de manipular as matérias primas
  • Luvas descartáveis ou de PVC
  • Óculos de proteção
  • Touca para proteger você e evitar que caia cabelos nas fórmulas
  • Máscara de proteção respiratória
  • Jalecos de mangas longas
  • Para algumas matérias primas como Ácidos recomenda-se utilizar botas de borracha.

Dicas para efetuar a produção dos produtos de limpeza e cosméticos
  • Confira a sua fórmula ou receita e separe todos as matérias primas.
  • Vista os EPIS necessários.
  • Promova a limpeza e higienização da sala onde vão ser pesadas as matérias primas e higienize as bancadas e balanças.
  • Higienize todos os utensílios que serão utilizados e leve para dentro da sala.
  • Higienize as embalagens das matérias primas antes de adentrarem na sala de pesagem.
  • Nunca se alimente, fume, ou beba dentro da sala de pesagem.

Para o procedimento de pesagem ou medição de volume das matérias primas conforme a quantidade da fórmula que você vai produzir (dê preferência primeiro à pesagem das matérias primas líquidas)
  • Para medir as matérias primas líquidas, use o Balde plástico com marcação de volume ou béquer, procure medir com precisão e identifique a matéria prima já medida.
  • Para pesar as matérias primas sólidas, use canecas de inox ou espátulas para retirada dos pós, coloque um saco plástico ou um béquer  na balança analítica, tare a balança e faça a pesagem com precisão, depois identifique a matéria prima já pesada.
  • Pese, identifique e separe uma matéria prima de cada vez, para isso coloque as matérias primas pesadas em sacos plásticos, frascos plásticos, galões, etc…

Quando todas as matérias primas estiverem pesadas e identificadas, proceda a manipulação do produto.
  • Veja a ordem em que devem ser misturados cada matéria prima da sua formulação.
  • E para misturar use funis, balde, béquer, o que for mais eficiente e prático.
  • Sempre se torna necessário misturar ou agitar para homogeneizar, para isso você pode utilizar a pá de plástico.
  • Muitas vezes se torna necessário a verificação e correção do pH da sua fórmula, para isso separe uma pequena quantidade do produto em um béquer, retire uma fita da embalagem e molhe a fita indicadora de pH no produto, espere alguns segundos e compare a cor da fita com a cor de cada pH ilustrado na embalagem da fita indicadora de pH, se precisar corrigir use a matéria prima indicada pela sua fórmula.
  • Quando terminar toda a manipulação do produto de limpeza ou cosmético conforme as técnicas de manipulação de sua formulação, envase o produtos em embalagens apropriadas, como frascos plásticos, galões, mas para isso também é necessário embalar conforme a fórmula produzida requer, existem formulações que exigem frascos escuros ou leitosos, e outros.
  • Identifique as embalagens com Nome do produto, data de fabricação, data de validade e demais exigências.
  • Armazene em locais apropriados e longe do alcance de crianças e animais domésticos.
  • Quando tudo estiver pronto, guarde as matérias primas que sobraram em local apropriado e proceda a limpeza da sala, das bancadas, dos equipamentos e dos utensílios que foram utilizados.

Muito bem, estas são apenas algumas dicas para a preparação de produtos de limpeza, cosméticos, produtos automotivos, etc… É claro que você pode produzir para seu consumo próprio tomando todos os cuidados mencionados, agora se for comercializar esses produtos, você vai precisar de autorizações e também de um químico.

Para maiores informações acesse:

Compartilhar nas redes sociais:

quinta-feira, 10 de março de 2016

Base de Shampoo - Faça fácil

Receita para fabricar base para shampoo, uma base simples de produzir para ser utilizada posteriormente na fabricação de todos os tipos de shampoo.

Na hora em que você for produzir qualquer tipo de Shampoo, com esta base pronta em mãos fica muito mais prático, fácil e rápido a produção do shampoo desejado.

Basta separar a quantidade de base calculada para fabricar determinado shampoo e adicionar os aditivos de acordo com o shampoo que deseja produzir.

Você pode adicionar nessa base de shampoo, extratos glicólicos, ativos para shampoo anti-caspa, anti-queda, extratos de jaborandi, hortelã, Hamamelis, vitaminas, etc...

Vamos então ver como fazer a base de shampoo.



Para fazer 5 kg de base para shampoo você vai precisar de:
  • 3075 gramas de Água Deionizada
  • 1500 gramas de Lauril éter sulfato de sódio
  • 250 gramas de Cocoamido propil betaína
  • 150 gramas  de Amida 90
  • Quantidade suficiente de Ácido Cítrico
  • 25 gramas de Conservante Phenonip
  • Quantidade suficiente de Cloreto de sódio


Técnica de manipulação da Base de Shampoo

  • Higienize bem um balde plástico e adicione nele a Água deionizada.
  • Sob agitação lenta com uma pá de plástico, vá adicionando e agitando sem bater, o Lauril Éter Sulfato de Sódio, o Cocoamido Propil Betaína e a Amida 90, misture devagar até homogeneizar bem.
  • Agora é hora de verificar o pH da base para shampoo, então com uma fita indicadora de pH, faça a conferência do pH que deve ser corrigido para ficar entre as faixas de 6,0 a 7,0.
  • Para corrigir o pH dissolva o Ácido Cítrico em um pouco de água deionizada e vá adicionando bem devagar na base de shampoo e conferindo com a fita o pH até atingir o pH desejado, depois pare de adicionar o Ácido Cítrico.
  • Agora agitando devagar com a pá de plástico adicione o conservante Phenonip.
  • Separadamente, dissolva o Cloreto de sódio em um pouco de água deionizada e vá adicionando bem aos poucos e sob agitação sobre a base de shampoo até conseguir a viscosidade desejada, mas não exagere no cloreto de sódio, pois em excesso ao invés de engrossar a base, vai fazer ela ficar mais rala e pode turvar a base.
  • Misture bem com a pá de plástico até homogeneizar todas as matérias primas da base para shampoo.
  • Depois de pronto, espere a espuma baixar e envase a base em frascos plásticos apropriados com tampa.
Dica fácil: Se você desejar fazer um Shampoo artesanal na sua casa, então Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sábado, 5 de março de 2016

Amaciante Confort - Receita grátis

Bem, todos nós sabemos como é importante que nossas roupas, roupas de cama, roupas de banho, roupas para vestir, todas as nossas roupas precisam de maciez, fica muito mais fácil para passar e muito mais agradável para vestir.
Por isso que o Amaciante de roupas é de extrema importância, sem ele nossas roupas não teriam aquele cheirinho gostoso e muito menos estariam macias, então resolvemos postar aqui no blog soformulasquimicas, uma fórmula de amaciante de roupas feito à frio e também muito simples de fazer em sua própria casa, para uso pessoal ou até para fazer e vender o Amaciante de roupas ganhando uma graninha.
Na fórmula grátis postada abaixo, nosso amaciante de roupas precisa de uma base boa, recomenda-se a Base Royalsoft ou a Armosoft, a essência que vamos utilizar também é muito importante, por isso, recomendamos a Essência Elat Confort, uma essência com ótima fixação nas fibras dos tecidos, podendo até guardar a roupas por dias e o cheiro agradável permanecerá. O Arc Iso S também é um ótimo conservante para ser usado na nossa receita de amaciante de roupas e o Corante é só para fins de estética, recomenda-se usar corante azul próprio para amaciante e usar pouco corante.
O Amaciante de roupas confort postado abaixo, tem alto poder de amaciamento facilitando o passar das roupas e também tem um perfume maravilhoso para as roupas, ele também tem uma boa viscosidade e boa umectação das fibras dos tecidos. Com esse amaciante as roupas vão ficar muito mais confortáveis ao vestir e muito mais agradáveis para dormir ou relaxar, pois ele tem o famoso toque suave. 

Se desejar comprar um Kit pronto já pesado e separado para fazer 50 litros de Amaciante, Clique aqui!




Para fazer 5 litros do amaciante comfort você vai precisar de:

  • 4,7 litros de água
  • 250 gramas de Base para amaciante Royalsoft ou Armosoft
  • 10 gramas do Conservante Arc Iso S
  • 20 gramas de Essência Elat Confort (pode ser usado mais ou menos essência dependendo do seu gosto)
  • Quantidade suficiente de corante 

Técnica de preparo do amaciante de roupas confort

  • Em um balde plástico adicione 1 litro de água e vá agitando e adicionando a base devagar, depois misture o amaciante por 5 minutos.
  • Agora adicione o restante de água da fórmula e continue misturando por aproximadamente 10 minutos até dissolver completamente a base.
  • Espere que o amaciante descanse por 20 minutos, e torne a misturar por 15 minutos.
  • Agora, acrescente a Essência Elat confort e homogenize.
  • A seguir adicione o Conservante Arc Iso S.
  • Para terminar adicione bem pouquinho e devagar o Corante até atingir a coloração desejada, não exagere no corante e misture até homogeneizar bem.
  • Espere até o Amaciante de roupas confort abaixar a espuma e envase em frascos ou galões plásticos.

Compartilhar nas redes sociais:

quinta-feira, 3 de março de 2016

O que é Ácido Sulfônico

O que é o Ácido Sulfônico: 


Nome Químico: Ácido Linear Alquil Benzeno Sulfonado, popularmente conhecido como Ácido Sulfônico.
Líquido Castanho escuro, odor de Dióxido de Enxofre.


O Ácido Sulfônico é um tensoativo aniônico bastante utilizado por suas propriedades na fabricação de produtos para limpeza. O produto tem bom poder para remover sujidades, muito boa solubilidade mesmo a baixas temperaturas, boa formação de espuma, desengordurante e desengraxante.

Além de todas essas aplicações o Ácido Sulfônico causa pouco impacto ambiental, tem boa biodegradabilidade, não prejudicando o meio ambiente.
O Ácido Sulfônico é muito utilizado na fabricação de detergentes, desengraxantes, lava louças, multi-uso, limpa alumínio, sabões líquidos, shampoos automotivos.
Também costuma ser usado para limpeza de superfícies, pesticidas agrícolas, e também na preparação de emulsões para fluídos lubrificantes.


Quando usado nas formulações ajuda a aumentar a viscosidade dos produtos, especialmente quando junto nessa formulação é usado algum eletrólito, como por exemplo o sal de cozinha (Cloreto de Sódio).

O Ácido Sulfônico tem aspecto líquido viscoso com coloração castanho escuro, ele é usado para quebrar a tensão superficial da água e assim poder ser usada com poder de limpeza, por isso ele é conhecido como tensoativo, ou seja quebra a tensão superficial da água, também como desengordurante e muito bom removedor de sujidades.

Armazenamento: O Ácido Sulfônico deve ser armazenado com a embalagem fechada, longe do calor, longe de fontes de ignição, longe de alimentos.
Mantenha armazenado em locais cobertos, secos, ventilados e em temperatura ambiente.

Manuseio: O Ácido Sulfônico deve ser manipulado usando EPIS, ou seja utilizando equipamentos de proteção individual, como luvas, máscara, óculos de proteção, botas de borracha e jalecos.
Manusear o produto em locais ventilados, tomar cuidado com olhos, pele e boca. Ao manusear ou estar próximo não fume e nem se alimente.


Compartilhar nas redes sociais:

Pesquise fórmulas no blog

Postagem em destaque

Fazer produtos de limpeza para vender

Muitas das grandes Indústrias que fabricam produtos para limpeza começaram bem pequenas, do zero mesmo, alguns grandes empresários da áre...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Assine o Feed e receba Fórmulas por E-mail

Aprenda fazer cosméticos de qualidade!

DIVULGUE O FORMULAS GRATIS

formulas gratis