Fórmulas grátis, free fórmulas, receitas de cosméticos, fórmulas caseiras, fórmulas de limpeza, produtos agrícolas, dicas domésticas, fórmulas automotivas, veterinárias, produtos para Pet Shop, passo a passo, dicas de beleza, higiene pessoal.

Aprenda fazer cosméticos neste curso!


sexta-feira, 29 de abril de 2016

Receita de Desinfetante Cristalino

Aprenda como fazer o Desinfetante Cristalino ou transparente, uma fórmula bem simples e prática com poucos ingredientes e para ser usada como desinfetante em vasos sanitários, banheiros, pisos e azulejos, etc.

Pode ser usado nesses locais devido possuir em sua composição o Cloreto de Benzalcônio, um agente bactericida e fungicida, também ao usar essa matéria prima no desinfetante não é necessária a utilização de um conservante.

O Nonil fenol etoxilado também conhecido como Renex, é um tensoativo não iônico que evita a turvação, vai ajudar na transparência e ajudar na dissolução das matérias primas.

A essência é para deixar aquele cheirinho gostoso e o Corante é só para fins de estética, vamos então à formulação do Desinfetante Cristalino.




Para fazer 50 litros do desinfetante cristalino, você vai precisar de:
  • 125 ml de Nonil Fenol Etoxilado 9,5
  • 500 ml de Cloreto de Benzalcônio 50%
  • 200 ml de Essência
  • 49,175 litros de Água
  • Corante
Técnica de preparo do desinfetante cristalino:

  1. Em um bomba plástica limpa e de boca larga com capacidade para mais de 50 litros, adicione o Nonil fenol etoxilado, o Cloreto de Benzalcônio e a Essência, agitar até completa homogeneização.
  2. Agora sob agitação, devagar vá adicionando a Água, homogeneíze.
  3. Adicione o Corante bem devagar até atingir a coloração desejada e homogeneíze bem. (Coloque pouco corante).
  4. Deixe o desinfetante descansar até baixar a espuma e envase em frascos apropriados para desinfetante.
  5. Armazene em local seco e arejado em temperatura ambiente e longe do alcance de crianças e animais.
Quer fazer o desinfetante mais simples com Base? Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

terça-feira, 26 de abril de 2016

Erva de São João - Planta antidepressiva

O Hipérico Perforatum, popularmente conhecido como Erva de São João, é uma planta pequena, um arbusto de tamanho aproximado de 1 metro de altura.

Antigamente povos antigos faziam uso da erva de São João para afugentar espíritos maus e para dar sorte.

Essa planta medicinal é há muito utilizada como cicatrizante e para queimaduras, hoje a planta é muito usada como antidepressiva, para controlar a ansiedade, para insônia e como tranquilizante.

O Hipérico Perforatum ou Erva de São João é um arbusto nativo da Europa e se espalhou pela Ásia e Africa do Norte, também é encontrada no Brasil.

O Arbusto possui flores amarelas com pontos pretos e em suas folhas se concentram o pigmento vermelho muito importante que é a Hipericina.







Nome cientifico: 
  • Hypéricum perforatum

Composição química:
  • Óleos essenciais (alfa-pineno).
  • Flavanóides (hipericina)
  • Taninos
  • Glicosídeos (rutina, hiperina, ocatecol, peflavite.

Propriedades terapêuticas:
  • antidepressiva, tranquilizante, insônia, colagoga e cicatrizante.

Indicações:
  • Uso interno para depressão, ansiedade, calmante e colestase.
  • Uso externo como cicatrizante



Parte da planta usada:
  • Folhas e flores

Efeitos secundários:
  • Evitar plantas ou alimentos ricos em tiramina.
  • Hipertensão, irritação

Contra Indicações: 
  • A erva de São João não deve ser utilizada ao mesmo tempo com inibidores da recaptação da serotonina.
  • A erva de São João não deve ser utilizada ao mesmo tempo com antirretrovirais e varfarina.
  • Também não deve ser utilizada por pacientes diabéticos, gestantes e lactentes.
  • Deve se evitar o uso por pacientes em uso de quimioterápicos, digoxina, anticonvulsivantes, sinvastina e Ciclosporina.

Formas de uso:
  • Extrato seco: 0,3 - 1 grama / dia.
  • Tintura: (1:10) 50-100 gotas / 8h.
  • Extrato fluído: (1:1) 25-50 gotas / 8 ou 12h.
  • Infusão: 2 - 4 g/200 ml de água, tomar 3 x ao dia.
  • Cápsulas extrato seco: 300 mg 1 a 3 vezes ao dia.

Obs. importante: Procure fazer uso sob indicação e orientações do seu médico.

Saiba também: Clique e saiba tudo sobre a Melissa (Cidreira)

Compartilhar nas redes sociais:

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Fórmula de Desodorante livre de alumínio

Bem no nosso clima todo mundo quer e necessita de aplicar um anti-transpirante e um desodorante, isso é fato e quase ninguém consegue fugir dessa realidade.

O problema é que na maioria dos desodorantes está presente Alumínio, pode analisar no rótulo do desodorante e lá vai estar na sua composição o Hidróxido de alumínio ou Cloridróxido de alumínio, essa matéria prima é que atua diminuindo o suor.

Em estudos atuais muitos médicos tem alertado sobre pesquisas que indicam que o Alumínio acaba por penetrar no organismo pela pele e o acúmulo de elementos como o Alumínio pode prejudicar nossa saúde.

Segundo a Médica Luiza Pitassi - O alumínio pode adentrar o organismo humano por inalação, ingestão ou atravessando a pele. Nesse último caso, a pele oferece grande proteção contra fatores externos, desde que esteja íntegra. O uso da lâmina para a depilação da axila pode produzir pequenos cortes ou abrasões, que se tornam vias de entrada para substâncias externas, como os compostos contendo alumínio. Um estudo recente demonstrou que ocorre absorção de alumínio, contido em compostos como o cloridrato de alumínio, mesmo pela pele íntegra, em pequena proporção na aplicação de dose única, mas o uso contínuo e prolongado de substâncias desse tipo pode levar ao acúmulo de elementos como o alumínio nos tecidos humanos.

Então já que a polêmica está lançada sobre usar ou não um desodorante livre de alumínio, resolvemos postar abaixo um desodorante que está livre de alumínio.

Este Desodorante livre de alumínio está indicado para todos, mas especialmente para quem possui pele sensível ou possui intolerância ao alumínio.






Para fazer 5 kg de Desodorante livre de alumínio você vai precisar de:

  • 25 gramas de Amigel
  • 10 gramas de EDTA Dissódico
  • 4,64 kg de Água deionizada
  • 75 gramas de Aristoflex AVL
  • 100 gramas de Hygroplex
  • 100 gramas de Cosmacol ELI
  • 50 gramas de Phenoxetol

Técnica de preparo do desodorante sem alumínio:
  1. Em um recipiente higienizado próprio para aquecimento, adicionar o Amigel, o EDTA Dissódico, e a Água deionizada e aquecer até solubilizar completamente o Amigel.
  2. Agora sob agitação constante adicionar o Aristoflex AVL.
  3. Mantendo a agitação constante adicionar o Cosmacol ELI.
  4. Ainda sob agitação constante adicionar o Hygroplex.
  5. Continuando agitando constantemente adicionar o Phenoxetol.
  6. Mantenha a agitação constante até resfriar completamente.
  7. Envasar em frascos próprios para desodorante
  8. Manter em local seco e arejado, longe de fontes de calor e longe do alcance de crianças e animais.
Desodorante natural, quer aprender fazer? Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Receita de Base tratamento couro cabeludo

Bem para quem deseja formular loção hidroalcoólica, ou seja, loção que usa tanto Água como Álcool. Postamos uma base para loção de tratamento capilar.

Nessa base está presente na formulação o Soluvit que é um tensoativo não iônico, usado para a solubilização em um meio aquoso-alcoólico. É recomendado para o uso em preparações hidroalcoólicas para pele e couro cabeludo.


Também possui na sua formulação o EDTA Dissódico que é um Quelante ou Sequestrante, ajuda a evitar problemas de estabilidade como mudança de cor, cheiro e aparência nos cosméticos.

Por ser uma loção hidroalcoólica é claro que utiliza na sua constituição a Água deionizada e o Álcool etílico. Também possui na sua fórmula a Glicerina bidestilada.



Para fazer 5 kg de Base para tratamento do couro cabeludo você vai precisar de:
  • 4,02 kg de Água deionizada
  • 50 gramas de Soluvit
  • 150 gramas de Glicerina Bidestilada
  • 10 gramas de EDTA Dissódico
  • 750 gramas de Álcool Etílico

Técnica de preparo da loção para couro cabeludo:

  1. Em um recipiente limpo e higienizado adicione as matérias primas e misture até total solubilização e dispersão.
Descrição: A Base para tratamento do couro cabeludo é uma Base loção Hidroalcoólica.

Uso: A Base deve ser usada como QSP nos preparos capilares e se torna compatível com quase todos os ativos indicados para tratamento do couro cabeludo.

Dicas para cabelos: Quer receber dicas para cuidar melhor dos seus cabelos? Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

terça-feira, 12 de abril de 2016

Sabonete de Algas Marinhas - Receita

Bem voltamos a postar um Sabonete em barra bastante procurado, se trata do sabonete de algas marinhas, vamos ver os ingredientes dessa receita.

É um sabonete bem procurado por possuir em sua composição o Extrato glicólico de Algas Marinhas que ajuda no combate a celulite, ajuda combater as estrias e rugas.

Também o Extrato glicólico de Algas Marinhas fortalece unhas e cabelos, ajuda na prevenção da queda de cabelos, é hidratante, suavizante, protege a pele e diminui a oleosidade.

Com tantos benefícios, então vamos ver como fazer o sabonete de algas marinhas:


Para fazer 1 kg de Sabonete de algas marinhas você vai precisar de:
  • 1 kg de base de Glicerina transparente
  • 10 ml de Óleo de Amêndoas
  • 40 ml de Extrato glicólico de Algas Marinhas
  • 40 ml de Essência para cosméticos de sua escolha
  • 20 ml de Lauril Éter sulfato de sódio
  • Quantidade suficiente de Corante azul para sabonete



Técnica de preparo do sabonete de algas marinhas:
  1. Pique a base de Glicerina transparente e coloque em uma panela esmaltada.
  2. Leve essa panela ao fogo e derreta a Glicerina transparente.
  3. Depois de derretida, adicione junto o Lauril éter sulfato de sódio, o Óleo de amêndoas e algumas gotas de corante até atingir a coloração desejada, bem pouquinho de corante, homogeneíze bem.
  4. Adicione por último o Extrato glicólico de algas marinhas e misture bem para homogeneizar todas as matérias primas do sabonete de algas marinhas.
  5. Verta o sabonete de algas marinhas com cuidado nas formas de sabonete.
  6. Deixe o sabonete de algas marinhas em repouso até secar por aproximadamente 3 horas.
Obs: Se o sabonete de algas marinhas formar espuma ou nata, borrife um pouquinho de álcool de cereais.

Outro sabonete? Se quiser fazer outra receita de sabonete em barra hidratante, Clique aqui!


  
Compartilhar nas redes sociais:

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Receita de Sachê perfumado com serragem

Uma das lembrancinhas mais escolhidas pelas pessoas são os sachês perfumados. E vale muito para quem recebe, não pelo valor, mas sim pela lembrança carinhosa.

Isso é o que muitas vezes faz a diferença, esse presentinho de coração muitas vezes tem mais valor do que um presente mais caro que você dá por obrigação.

Hoje em muitas recepções de casamento, chás de bebês, aniversários, são dados como lembrancinhas os sachês de sagu, sachês perfumados de madeiras, etc.

Também além de presentar ou dar como lembrancinha em nossas festas, você pode usar os Sachês perfumados para perfumar gavetas e armários na sua casa, ou ainda faturar uma grana vendendo o sachê para amigos, parentes ou outros.

Sachê perfumado são aqueles saquinhos que contém no seu interior sagu ou madeira que absorve a nossa essência preferida e libera aquele cheirinho agradável em gavetas, armários ou ambiente.





Vamos então aprender fazer hoje o Sachê perfumado com serragem de madeira:


Para fazer o Sachê perfumado de serragem você vai precisar de:
  • 100 ml de Álcool de cereais
  • 100 ml de Essência para sachê
  • 1 kg de serragem de madeira
  • 2 ml de Formol 37%

Técnica de preparo do Sachê perfumado com serragem de madeira

  1. Em um béquer higienizado adicionar o Álcool de cereais.
  2. Misturar bem até homogeneizar no álcool a Essência e o Formol 37% (reserve)
  3. Em outra vasilha limpa adicione toda a serragem de madeira peneirada.
  4. Agora verta a mistura que contém a essência e está reservada, bem devagar sobre a serragem e misture bem.
  5. Agora passe a serragem para sacos plásticos fechados e deixe macerar por 8 dias.
  6. Tudo pronto, agora é só cortar o tule ou tecido no tamanho de 20 x 20 cm e em cada um deles colocar de 50 a 70 gramas da serragem de madeira perfumada.
  7. Amarre cada um com fita de cetim.
  8. Se você for guardar para vender depois, é bom armazenar o produto em frascos de vidro bem tampados.
  9. Você pode usar o sachê perfumado com serragem de madeira para perfumar armários, gavetas, presentear quem você gosta, ou vender e faturar uma grana.

Aprenda fazer Sachê perfumado de sagu: Clique aqui!

.

Compartilhar nas redes sociais:

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Passiflora Incarnata - Maracujá - Tratamento da Insônia

A Passiflora incarnata, é muito conhecida e usada por muitas pessoas, popularmente seu nome é Maracujá ou flor-da-paixão.

O Maracujá é muito usado como calmante e para problemas de insônia, ansiedades e palpitações, agindo como depressor do sistema nervoso central.

A Passiflora incarnata é uma planta medicinal trepadeira, nativa da América do Norte, se encontra hoje em praticamente todo o Brasil e seus frutos são muito utilizados para fazer doces, trufas, sucos.

Mas como talvez muitos não sabem não é o fruto que contém as quantidades maiores das substâncias utilizadas contra a insônia e ansiedades, na verdade a parte mais usada é a flor do maracujá ou a passiflora incarnata.




Composição química:
  •  Flavanóides (quercetol, apigenol, luoeol).

Propriedades terapêuticas:
  • sedativa, antiespasmódica e vasodilatadora

Indicações:
  • Uso interno para insônia, ansiedade e palpitações.

Parte da planta usada:
  • Partes aéreas (folhas, flores, caules)
  • Frutos, sementes (geralmente para doces e sucos)
Efeitos secundários:

  • Cefaleia, sonolência, distúrbios visuais.
  • Gestantes e Mulheres amamentando só devem usar com orientação médica.

Formas de uso:
  • Extrato seco: 0,3 - 1 grama / dia.
  • Tintura: (1:5) 50-100 gotas / 8h.
  • Extrato fluído: (1:1) 30-50 gotas / 8 h.
  • Chá de passiflora: 2 colheres (chá) de Passiflora seca em uma xícara de água fervente, aguarde 15 minutos e depois coe e beba 3 vezes ao dia.

Saiba também: Quer saber tudo sobre o Quebra Pedras? Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

sábado, 2 de abril de 2016

Detergente com base pastosa concentrada - Receita

Em todas as casas não falta de jeito nenhum o detergente. Geralmente as pessoas compram em um supermercado e nem imaginam que dá para fazer em sua casa e com relativa facilidade o detergente.

Entende-se por detergente, apenas as substâncias como sabões e similares, que emulsificam as gorduras ou matérias orgânicas devido a propriedade de suas moléculas.

Para fazer o detergente em sua casa, basta adquirir a base para detergente Pastrex em uma loja de essências ou distribuidora de produtos químicos, adquirir também a essência e o corante e ter disposição para preparar o detergente com base pastosa. Na Asher você encontra essa base!






Vamos aprender como fazer 50 litros de detergente com base pastosa concentrada, você vai precisar de:

  • 5 litros de Base para detergente Pastrex
  • 44 litros de água
  • 1 kg de Cloreto de sódio
  • Corante (opcional)
  • Essência (opcional)


Técnica de preparo do detergente com base concentrada

  1. Higienize uma bomba plástica de boca larga com capacidade para 50 litros.
  2. Adicione 40 litros de água.
  3. Agora, misturando sem parar com uma pá de plástico, vá devagar adicionando a Base Pastrex.
  4. Misture muito bem até total dissolução da base pastrex.
  5. Em um balde separado, adicione 4 litros de água e dissolva nela o Cloreto de sódio. 
  6. Essa solução de cloreto de sódio conhecida como Salmoura, você vai adicionar sob agitação bem devagar ao detergente até atingir a viscosidade desejada.
  7. Não exagere no Cloreto de sódio, pois em excesso ao invés de engrossar o detergente vai fazer desandar o detergente e ele vai ficar mais ralo.
  8. Se você desejar pode adicionar bem pouquinho de essência até você conseguir o aroma desejado.
  9. Se também quiser dar uma corzinha no detergente, adicione bem pouquinho corante até atingir a coloração desejada.
  10. Misture e espere a espuma baixar do detergente.
  11. Envase em frascos plásticos com tampa, ou frascos próprios de detergente.
  12. Armazene em local fresco e arejado, longe de crianças e animais.
Outra receita de detergente? Se quiser fazer o detergente neutro, Clique aqui!


Compartilhar nas redes sociais:

Pesquise fórmulas no blog

Postagem em destaque

Fazer produtos de limpeza para vender

Muitas das grandes Indústrias que fabricam produtos para limpeza começaram bem pequenas, do zero mesmo, alguns grandes empresários da áre...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Assine o Feed e receba Fórmulas por E-mail

Aprenda fazer cosméticos de qualidade!

DIVULGUE O FORMULAS GRATIS

formulas gratis